domingo, 19 de julho de 2015

ROQUE GIANGRANDE FILHO |VOLUNTÁRIO ITAPIRENSE MORTO EM COMBATE|

No posto de cabo motorista, sob o Nº 47, da 3ª Companhia do Corpo de Bombeiros, Roque Giangrande Filho seguiu para uma das frentes de combates, no inicio das operações de guerra constitucionalista, sobe o comando do capitão José Pinto de Oliveira, soldado do fogo, nos tempos de paz não desmereceu a sua corporação. Tal como seus companheiros, portou-se brava e eficientemente, até o dia 9 de agosto em que, em consequência de ferimentos, por bala, recebidos no ventre, teve morte instantânea. Foi sepultado em Queluz.
Nasceu em Itapira, aos 7 de dezembro de 1898, filho do senhor Roque Giangrande e dona Magdalena Justino. Era casado com dona Maria Pereira Giangrande e deixou dois filhos, Magdalena e José


Nenhum comentário:

Postar um comentário