terça-feira, 11 de novembro de 2014

UM INSTANTE EM 32 - PADRE LÁZARO SAMPAIO DE MATTOS: CAPELÃO CONSTITUCIONALISTA

O Padre Lázaro Sampaio de Mattos, pároco da matriz de Nossa Senhora da Penha de Itapira em 1932, esteve envolvido, assim como alguns membros do clero paulista, no Movimento Constitucionalista. Algumas imagens da época nos trazem a presença do sacerdote trajando a tradicional batina e portando a cobertura de cabeça utilizada pelos voluntários paulistas. Padre Lázaro prestou seu múnus sacerdotal através da capelania junto aos batalhões que vieram para a frente de Eleutério, sendo uma figura de grande relevo nos acontecimentos daquele período. Na imagem abaixo, temos o Padre Lázaro, ladeado por alguns oficiais paulistas, entre eles, à sua esquerda, o Major Higino Borges dos Santos, oficial da Força Pública que comandou as operações em Eleutério. A imagem pertence ao acervo do Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Morais, de Piracicaba: http://www.museuprudentedemoraes.piracicaba.sp.gov.br/
Neste outro registro, pertencente ao acervo de Amonclayr Moraes Cintra, vemos três importantes figuras no cenário constitucionalista em Itapira, da direita para a esquerda, Padre Lázaro, trajando sobre a batina um guarda-pó, tendo um cigarro na mão esquerda, ao seu lado, pessoa ainda não identificada, Mario Cintra (pai de Amonclayr Moraes Cintra) e o Coronel Francisco Vieira, o cabo de guerra de Itapira em 1932. A pessoa ao lado de Francisco Vieira, na ponta esquerda da foto, ainda não foi identificada.

sábado, 28 de junho de 2014

CONVITE: "1932-HISTÓRIAS DE UMA GUERRA"

Saudamos a todos os nossos amigos e amigas!!! Por motivos diversos o Núcleo MMDC de Itapira "Cel. Francisco Vieira" esteve ausente de publicações. Mas como sempre, neste período que envolve a grande data paulista, voltamos, com novos ares, e com os problemas resolvidos para continuar os trabalhos de divulgação e preservação da memória dos fatos ocorridos em 1932!
Assim sendo, enviamos um convite a todos, principalmente os residentes na região metropolitana de Campinas, Baixa Mogiana, Circuito das Águas Paulista e Sul de Minas para estarem presentes em ITAPIRA no próximo dia 9 DE JULHO, para a exibição do filme-documentário: "1932-HISTÓRIAS DE UMA GUERRA".
 
ASSISTA AO TRAILER OFICIAL
 
 
RELEASE DO FILME: Existem muitas interpretações para 32. Se você é de São Paulo, provavelmente deve ter ouvido algumas delas. Porém, se morar em Minas Gerais,  a história é outra. No Rio Grande do Sul e no Mato Grosso, as histórias também são diferentes. Já No Rio de Janeiro, essa história praticamente não é contada.
Então, existe uma versão correta ou verdadeira? A do paulista ufanista, democrata e libertador da pátria? De um golpe engendrado pelas elites do café, manipulando a população? Um movimento separatista?
Descobrimos que não é tanto para lá como nem tanto para cá. A Revolução Constitucionalista de 1932 foi de fato uma guerra civil, com diversas forças envolvidas e acontecimentos por todo o país. Apesar do palco principal dos combates ter sido o Estado de São Paulo, a insatisfação contra o governo Vargas era sentida em todo o Brasil. Combates e manifestações ocorreram em praticamente todas as regiões do país.
Em nosso trabalho procuramos desconstruir verdades cristalizadas e ir além das versões oficiais. Pesquisamos em muitos estados, encontramos com historiadores e veteranos de guerra e nos embrenhamos em arquivos, livros e nos locais de combate. Focamos em ampliar a discussão. Entendendo e conjugando todos os envolvidos, o porque de suas atitudes e revelando não só os acontecimentos, mas a memória que construímos desta guerra ao longo dos últimos 80 anos.
1932: Histórias de uma Guerra” é isso. Um documentário abrangente, variado e intenso como você nunca viu.