quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

NAS TRINCHEIRAS OU NO LAR!

Durante a Revolução Constitucionalista, havia um grande empenho por parte da sociedade paulista, por enviar aos soldados nos "fronts" de batalha, alimentos, cigarros, jornais, agasalhos, enfim, todo e qualquer tipo de material útil para a sobrevivência na guerra. As grandes marcas de alimentos, também se empenharam e usaram da propaganda para disseminar o ideal constitucionalista por todos os cantos do Estado. Grande exemplo disso, o delicioso Leite Moça, da Nestlé, que durante o período da Revolução, publicou em vários jornais da capital paulista o seguinte anúncio:

“Vigor e resistência são os resultados de uma alimentação rica em vitaminas. O leite puro é conhecido como uma das mais preciosas matérias na alimentação em qualquer idade. No leite condensado Moça, todos os elementos nutritivos do leite fresco estão conservados vivos e intectos. V.S. deve ter sempre uma reserva de algumas latas de Leite Moça. É um alimento concentrado de alto valor nutritivo sempre pronto para usar. Dois pequenos furos na lata, um oposto ao outro, bastam para deixar escorrer a quantidade desejada. Depois tampam-se com dois pedacinhos de papel, enrolados. Dura, assim, muitos dias.  Leite Moça. Mande uma lata como dádiva aos soldados”.

Abaixo, dois diferentes exemplos da propaganda peculiar da Nestlé, que sempre terminava os anúncios com a frase: "Mande uma lata de Leite Moça como dadiva aos soldados!"

MODELO I

MODELO II

Um comentário:

  1. O que mais me admira é o entusiasmo com que a causa foi abraçada por todos os setores da sociedade paulista. Um entusiasmo que hoje não se vê, tamanha a alienação a que muitos estão imersos.

    ResponderExcluir