segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

POUSO ALEGRE - A Primeira Grande Batalha




     “... Um dos soldados incorporados ao Batalhão 23 de Maio, contou à reportagem de O Diário de São Paulo que: “O candelário e o relógio perdem a razão de ser, pois, na febre belicosa na linha de fogo, tira aos soldados o conhecimento de tempo; que recebia a ordem de avançar, partiu o batalhão, levando cada soldado a certeza do sucesso e da vitória; que de Socorro seguiram sem novidade até a cidade de Monte Sião, já no Estado de Minas Gerais, onde foram recebidos festivamente pelos civis, partindo em seguida para Ouro Fino, ali também recebidos com calorosos aplausos. Depois, Borda da Mata, onde este batalhão se reuniu ao Batalhão Paes Leme, tendo assumido o comando de toda a tropa o Capitão Pietscher, designado nosso comandante Capitão Castro de Oliveira, para comandar a vanguarda formada pelo 2º de Maio e por um reforço do Batalhão Paes Leme, sob as ordens do "malofrado" Tenente Fernão Salles!.”
JORNAL O DIÁRIO DE SÃO PAULO


    “Dispostas às ordens gerais pelos chefes e oficiais, a vanguarda partiu de Borda da Mata, na direção do objetivo, Pouso Alegre, levando nossos soldados, os voluntários e nossa oficialidade, ânimo forte, vibrantes, e tão bem dispostos como se fossem para uma parada militar! Os nossos testes da vanguarda, atingiram a divisa do município atacado, na primeira hora da tarde; então as patrulhas avançadas inimigas, romperam o primeiro fogo, o fogo do sinal, e recuaram para as suas posições de defesa”.
JORNAL O DIÁRIO DE SÃO PAULO

   “Nossas tropas foram dispostas em linhas de atiradores; nossos fuzis e metralhadoras despejaram a carga; o inimigo parecia recuar sempre, mas a artilharia de Pouso Alegre, não cessava de descarregar sua verdadeira chuva de granadas sobre a nossa valente rapaziada; o ribombar ecoava pelas montanhas que circundavam o nosso campo de operações... Avançamos! Atingimos a crista da montanha que nos separa das posições inimigas, por um vale imenso, a 3 ou 4Km da nossa cidade.”
   “Caiu a Tarde. E os nossos agüentavam a saraivada ininterrupta das balas de fuzilaria... Pipocar contínuo das metralhadoras cobertas... Reboar dos Canhões... Música bárbara de extermínio...” 
JORNAL O DIÁRIO DE SÃO PAULO

Fotografia Rara da Inauguração do Campo de Aviação de Pouso Alegre pelo Exército Federalista
Em destaque, o Major Eduardo Gomes, o Prefeito de Pouso Alegre Dr. João Beraldo, Capitão Jaire Lima e o Primeiro Tenente Moraes e Barros.

Inauguração do Campo de Aviação de Pouso Alegre pelo Exército Federalista. Entre outros, os Azes Federalistas: Major Eduardo Gomes e o 1º Tenente Júlio Américo dos Santos.


Inauguração do Campo de Aviação de Pouso Alegre pelo Exército Federalista.
O Major Eduardo Gomes verificando o aparelho Potez-A-114




MAIS INFORMAÇÕES EM BREVE...

Núcleo de Correspondência Cel. Francisco Vieira
Sociedade Veteranos de 1932/MMDC
"Por São Paulo e Pelo Brasil!"
Itapira-SP

SE VOCÊ, DE ITAPIRA, MOGI MIRIM, MOGI GUAÇÚ, AMPARO, OU DA REGIÃO DA BAIXA MOGIANA E CIRCUITO DAS ÁGUAS, QUE TEVE UM AVÔ, BISAVÔ, PAI, OU ALGUM PARENTE OU CONHECIDO QUE LUTOU NA GUERRA PAULISTA, FAVOR ENTRAR EM CONTATO CONOSCO, SUAS INFORMAÇÕES SÃO DE EXTREMA IMPORTÂNCIA.




Nenhum comentário:

Postar um comentário