quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

MORRE FERNÃO SALLES


A MARCHA DAS OPERAÇÕES - SITUAÇÃO EM MINAS – COMBATE EM OURO FINO – O QUE HÁ NAS FRONTEIRAS MONTANHESAS

   “... O COMBATE EM OURO FINO: Há alguns dias atrás, as tropas constitucionalistas que operam na zona mineira entraram na cidade de Ouro Fino, onde foram entusiasticamente recebidas pela população. Entre essas tropas achava-se o heroico Batalhão Fernão Dias, aqui organizado pelo Dr. Fernão Salles e que tinha como comandante o capitão Pietscher.
   As tropas constitucionalistas, de posse da cidade, resolveram avançar até Pouso Alegre, uma das mais importantes cidades do sul de Minas, sede de um regimento de Exército.
   As tropas ditatoriais, porém, que se haviam retirado, cortaram as linhas da estrada de ferro e destruíram os pontilhões, a fim de evitar o avanço das forças paulistas. Estas, por sua vez, fazendo reconhecimento do terreno e repondo os trilhos foram avançando, até que, à tarde, nas proximidades de Borda da Mata, rompeu violenta fuzilaria do adversário. O Batalhão Fernão Dias tomado de indescritível entusiasmo reagiu energicamente, realizando-se o combate que durou a noite toda. Pela manhã, quando o fogo inimigo declinou, o Batalhão avançou com firmeza, levando o adversário a mais de três quilômetros adiante. Foi numa investida, quando se levantava para avançar, que o Sr. Fernão Salles, ferido na testa, caiu morto.

JORNAL FOLHA DA MANHÃ – SÁBADO, 23 DE JULHO DE 1932.




   "... A única nota triste do dia foi a perda em um encontro travado nas vizinhanças de Pouso Alegre, do bravo comandante do batalhão "Fernão Dias", o conhecido e estimado cavalheiro desta capital Sr. Fernão Salles. Grande animador dos homens que dirigia, oficial de uma rara intrepidez aquele distinto moço caiu à frente das suas tropas, vitimado por uma bala.
   A sua morte, que foi instantânea produziu profundo pezar, não só entre os seus companheiros de armas, como no governo do Estado e na sociedade paulista. Em homenagem ao chefe sacrificado, o batalhão "Fernão Dias" passou a denominar-se "Batalhão Fernão Salles".
   A perda do seu comandante entristeceu dolorosamente a tropa mas não lhe abateu o ardor guerreiro..."

JORNAL FOLHA DA NOITE

MAIS INFORMAÇÕES EM BREVE...

PARTICIPE! COMENTE! DIVULGUE!

Eric Lucian Apolinário
Pesquisador - Presidente
(19) 98102-7351
Núcleo MMDC de Itapira "Cel. Francisco Vieira'

SE VOCÊ, DE ITAPIRA, MOGI MIRIM, MOGI GUAÇÚ, AMPARO, OU DA REGIÃO DA BAIXA MOGIANA E CIRCUITO DAS ÁGUAS, QUE TEVE UM AVÔ, BISAVÔ, PAI, OU ALGUM PARENTE OU CONHECIDO QUE LUTOU NA GUERRA PAULISTA, FAVOR ENTRAR EM CONTATO CONOSCO, SUAS INFORMAÇÕES SÃO DE EXTREMA IMPORTÂNCIA.




Um comentário:

  1. Sou descentente e quase homonimo de Fernao M. Salles. Uma honra carregar um nome que lutou pela liberdade paulista.

    ResponderExcluir